top of page

Projeto “Agroecologia para a Proteção das Florestas da Amazônia”

O projeto “Agroecologia Para a Proteção das Florestas da Amazônia” vem desenvolvendo, há pouco mais de um ano, atividades que buscam contribuir para o fortalecimento de comunidades e povos tradicionais nos processos de resiliência climática na Amazônia Maranhense.

Organizado pela coalizão formado pela Rama, Justiça nos Trilhos, Acesa, Associação Tijupá e GEDMMA, o projeto busca potencializar estratégias desenvolvidas no enfrentamento das mudanças climáticas, construindo junto às diversas vozes (quilombolas, indígenas e de comunidades tradicionais) processos que possibilitem empoderamento para que estes sejam ouvidos e respeitados em seus territórios e modos de vida.

O projeto parte da premissa que as populações estão criando alternativas de regulação comunitária dos territórios e ecossistemas manejados. E a partir de sua auto afirmação identitária e da valorização do saber popular voltado para a proteção das florestas, contribuem eficazmente para ampliar e fortalecer a mudança de posições em âmbitos mais amplos.

As mudanças climáticas são oriundas de um capitalismo desenvolvimentista desenfreado que tem como base o racismo ambiental, a monocultura, a contaminação de solos e rios, a invasão de territórios e a destruição dos biomas. Não dá pra pensar em formas de preservação das florestas e de resiliência climática, sem garantir meios de proteção da terra, do território, do modo de vida e produção comunitária das populações.

A destruição do modo e saber tradicional, é um sinal da destruição do planeta. Logo, nossa principal estratégia é fortalecer as vozes dos territórios nos espaços de decisão e na opinião pública, por meio de formações, da comunicação, criação de observatórios e proposituras de leis.

Acompanhe as nossas ações pelas redes sociais das organizações da coalizão: @acesa.eco @associacao_tijupa @justicanostrilhos @gedmma_oficial. Este projeto é uma parceria do Programa Vozes Pela Ação Climática por meio da @fundacionavina.

AgroecologiaParaProteçãoDasFlorestasDaAmazônia #CoalizãoAmazôniaMaranhense

Commenti


bottom of page